Seremos todos descendentes de marcianos? Ou quem sabe de Ets? PDF Imprimir E-mail
Sex, 25 de Março de 2011 16:21

http://3.bp.blogspot.com/_CRLKnuCSzDQ/S4sWXanFIUI/AAAAAAAABHA/MiAF2H9bZ1A/s1600/marcianos.jpgCientistas do MIT (Massachusetts Institute of Technology) e da Universidade de Harvard já concebem a possibilidade de que toda a vida na Terra descenda de organismos que se originaram em Marte e foram trazidos aqui para a Terra a bordo de meteroritos.

Mas Bilu é de Pégasus, então como é que se explica isso? Ora, se Bilu tem 4.011 anos, será que esta é a primeira vez que ele pisa na Terra? Será que Bilu não esteve por aqui antes?De qualquer maneira, o trabalho e a estratégia que estão sendo adotados por Christopher Carr, Clarissa Lui, Maria Zuber e Ruvkun Gary é muito interessante, pois admite vida extraterrestre e que esta possa ter gerado a vida na Terra. Já é um passo nestas cabeças tão sisudas e sábias que antes jamais admitiriam essa possibilidade.

O biólogo molecuar Ruvkum Gary concebeu um instrumento que possibilita procurar por DNA ou RNA, mais especificamente, pelas sequencias particulares destas moléculas que são quase universais em todas as formas de vida terrestre. O conceito foi batizado de Busca por Genomas Extra-Terrestres - SETG, na sigla em inglês (Search for Extra-Terrestrial Genomes). Pesquisa mais do que bem-vinda para quem estuda a vida extra-terrestre.


Última atualização em Sáb, 02 de Abril de 2011 12:51